Padre António Vieira (1608-1697) achava justa e necessária a servidão dos africanos

“Os ferros, as prisões, os açoites, as chagas, os nomes afrontosos, de tudo isto se compõem a vossa imitação, que, se for acompanhada de paciência, também terá merecimento de martírio“.

Padre António Vieira em um sermão proferido para escravos. Citado em “A História do Brasil em 50 frases” (2014) de Jaime Klintowitz, página 258.