Americano pede para ser baleado a fim de recuperar a amada

Em vez de atirar no braço amigo (e ser preso), o atirador deveria ter baleado o ânus e assim alegar que não cometeu crime, pois o furo já existia.
H.
*
Tudo o que Jordan Cardella queria era recuperar a amada. Para fazer com que a ex-namorada ela sentisse pena e voltasse para ele, o sujeito pediu que um amigo desse três tiros nele pelas costas.
O primeiro amigo procurado foi Anthony Woodall. Ele se recusou e sugeriu que Jordan tentasse executar o plano com Michael Wezykl. Este aceitou, em troca de dinheiro ou drogas.
O trio foi até um parque. Michael disparou uma vez e acertou um braço da “vítima”. Jordan caiu no chão imediatamente, mas ordenou que Michael continuasse com o plano. Só que o atirador “amarelou” e desistiu.
“Para mim chega”, afirmou. E a farsa ruiu.

Michael e Anthony foram condenados a dois anos de condicional e cem horas de trabalho comunitário.
Jordan não foi condenado. E nunca mais viu a ex.

Fonte: Page Not Found

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s