Mãe de suposta vítima de Strauss-Kahn fez sexo “brutal” com ele, diz revista

O ex-diretor do FMI é pupilo do “negão” que pegou a vovó Bel quando essa voltava da putada.
Mas com certeza, esse francês não agiu com a mesma brutalidade de um soldado de polícia brasileiro.
H.
*
Em mais uma reviravolta do caso do ex-diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI) Dominique Strauss-Kahn, a mãe de uma das supostas vítimas do francês admitiu ter feito sexo consensual e “brutal” com ele, segundo a revista francesa “L’Express”.
Anne Mansouret é mãe de Tristane Banon, jornalista francesa que alega ter sido vítima de uma tentativa de estupro durante uma entrevista com Strauss-Kahn, em Paris, em 2003.

Mansouret revelou o caso em uma entrevista à revista francesa “L’Express”. Ela disse que a relação ocorreu em 2000 e foi consensual, mas que Strauss-Kahn “agiu com a brutalidade de um soldado“.

Fonte: Folha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s