Aposentado mata companheira após ela insultar a sogra

Se a companheira do aposentadodo tivesse agido de outra maneira, não estaria morta:
Uma mulher depara-se com um funeral, seguido de uma estranha procissão.
Primeiro, vinha um caixão, seguido de um outro.
Em seguida, uma mulher sozinha levando uma imensa pitt-bull pela coleira.
Finalmente, atrás dela, uma longa fila com centenas de mulheres.
Sem conter a curiosidade, ela se aproxima delicadamente da outra mulher com a cadela e diz:
– Meus sentimentos pelas perdas. Mas eu nunca vi um enterro assim.  A senhora pode me dizer quem é que morreu?
– No primeiro caixão está o meu marido.
– Sinto muitíssimo! O que é que aconteceu?
– A minha pitt-bull Fifi  o atacou.
– Que tragédia. E no segundo caixão?
– A minha sogra. Tentou salvar o filho e também foi atacada por Fifi.
A mulher então pede à viúva:
– Você me empresta a sua meiga pitt-bull?
– Claro, mas vá para o final da fila.
H.
*
Ronald Edwards, de 65 anos, não suportava mais ouvir a companheira, Sylvia Rowley-Bailey, de 66, falar mal da sogra. Em uma noite, aconteceu de novo. E aconteceu na cozinha da residência do casal em Hatfield Heath (Inglaterra). Revoltado, Ronald pegou uma faca e a enfiou no pescoço e no peito de Sylvia.
“Ela começou a falar mal da minha mãe e disse que ficaria feliz se ela morresse. Eu não sabia o que fazer. Eu não poderia ficar ali ouvindo, porque ela não parava”, contou o professor aposentado em um tribunal.

Fonte: Page Not Found

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s