Tremor de terra em Propriá [Sergipe]

Que observatório é esse que se baseia em "informações que obtiveram de populares"?
Felizmente um comunicado do Observatório Sismológico da UnB nada fala dessa "nova metodologia", baseada em boatos e pânicos.
Ainda bem que minha empregada (que é muito exagerada e adora ver desastres) não estava no epicentro, pois ela falaria que o terremoto teria chegado a "1.000".
Hugo

*
Os moradores do município de Propriá [Sergipe] e outros vizinhos, à margem do São Francisco, estão assustados com um tremor de terra que ocorreu na noite de domingo. Não houve vítimas, mas o tremor de terra balançou casas e prédios. Foi por poucos segundos. No lado alagoano, diz-se que foram dois abalos, mas também não houve vítimas.
O barulho que antecedeu ao tremor foi muito forte, parecendo com explosões de bombas juninas, naturalmente com muito mais intensidade. Um observatório sismológico de Brasília confirmou o tremor de terra, informando que na região existe uma falha geológica de pequena dimensão, nada que preocupe realmente.
Mas esclareceu que o tremor chegou a 3,3 na Escala Richter, talvez até 3,5 diante das informações que obtiveram de populares. O observatório não descarta novos tremores na região, mas afastou qualquer perigo para a população.
 
Fonte: Infonet
Veja também informe do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília:
http://www.obsis.unb.br/br/informe_sergipe.doc
 
PS: (11/01/2006)
Me lembrei da seguinte piada.
Depois dos problemas ocorridos na Ásia, o Governo Brasileiro resolveu instalar um medidor de abalos, que cobre todo o país. O Centro Sísmico Nacional enviou à polícia da cidade de Icó, no Ceará, uma mensagem que dizia:
"Possível movimento sísmico na zona. Ponto. Muito perigoso, superior Richter 7. Ponto. Epicentro a 3 km da cidade. Ponto. Tomem medidas. Ponto. Informem resultados com urgência. Ponto."
Após uma semana, foi recebido no Centro Sísmico Nacional um telegrama que dizia:
"Aqui é da Polícia de Icó. Ponto. Movimento sísmico totalmente desarticulado. Ponto. O tal Richter tentou se evadir, mas foi abatido a tiros. Ponto. Desativamos as zonas. Ponto. As putas tão todas presas. Ponto. Epicentro, Epifânio e outros três cabras detidos. Ponto. Não respondemos antes porque houve um terremoto da porra aqui. Ponto."
About these ads

3 comentários sobre “Tremor de terra em Propriá [Sergipe]

  1. Meu Caro Hugo,Desculpa se, inadvertidamente, lhe inclui em minhas constatações de profissões e lhe aborreceu…Trabalhei com desenvolvimento de Sistemas por 20 anos e sei do que estou falando.Pena que você considere, se é que está falando a verdade, taxista como categoria de quinta e inapto a formar sua própria opinião política.Eu realmente, quase nunca, converso sobre política com meus passageiros; até porque é um debate muito chato…Mas procuro fazer a minha parte como cidadão ao procurar um caminho para divulgação de alguma constestação e idéias; o que tenho conseguido pela quantidade de acessos em meu modestíssimo blog.De qualquer forma é importante e fundamental que eu seja contestado quando pisar na bola, pois só elogios não vão me levar a aprimorar…Espero encontrá-lo mais vezes e certamente não tenho muito aptidão para conselhos mecânicos pois estou no taxi a menos tempo do que você deve ter de opinião formado sobre os taxistas.Abraço,Jorge Schweitzer

  2. Caro Hugo,Esqueci…Acabo de completar mais de 10.000 visitas, em quatro meses, em meu blog…Queria te agradecer por me visitar quase diariamente, conforme posso constatar pelas estatísticas internas de meu blog…Aproveita, sempre que acessar deixa seu comentário.Abraço,do Seu Amigo,Jorge Schweitzer

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s